As 4 Leis do Pastoreio Racional

Escrito Por André Sorio

17 / 06 / 2020

André Sorio, Eng. Agrônomo, M.Sc.

O Pastoreio Racional foi concebido e descrito por André Voisin – bioquímico e pecuarista francês – e é chamado Sistema ou Pastoreio Voisin em homenagem ao cientista responsável pela sistematização de seus princípios.

Hoje, a prática do Sistema Voisin está consolidada no Brasil, nos demais países da América Latina, nos EUA, em vários países da África e na Oceania, sendo utilizado em milhões de hectares de pastagens nativas e implantadas.

André Voisin escreveu que “pastoreio é o encontro da vaca com o pasto”, uma afirmação simples, mas que encerra profundo significado. Pastoreio pressupõe pastor, aquele que antigamente cuidava do rebanho, e que segundo a Bíblia, o conduzia a “pastos abundantes e águas tranquilas, como dito no Salmo 23.

A ideia da rotação de pastagens é antiga, porém coube a André Voisin sistematizar suas leis universais com base na fisiologia do crescimento do pasto e no estudo do comportamento dos bovinos. Assim, foram estabelecidas as Quatro Leis do Pastoreio Racional, que podem ser vistas resumidamente a seguir.

1) Lei do Repouso

Para que o pasto possa entregar sua máxima produtividade é necessário que entre dois cortes sucessivos se passe tempo suficiente que permita à planta alcançar sua máxima produção diária de matéria seca e, ao mesmo tempo, acumular  em suas  raízes as  reservas necessárias  para um rebrote vigoroso da próxima vez que for cortada.

2) Lei da Ocupação

Quando estiver tudo pronto para publicar, selecione de três a cinco tags que O tempo de ocupação do piquete deve ser suficientemente curto de modo que um pasto cortado no primeiro dia de ocupação não seja cortado de novo antes dos animais deixarem o piquete.

3) Lei da Ajuda

É preciso ajudar os animais que possuam exigências nutricionais mais elevadas para que eles possam colher a maior quantidade de pasto e que este seja da melhor qualidade possível.

4) Lei dos Rendimentos Regulares

Para que um bovino possa entregar rendimentos regulares é necessário que não permaneça mais do que três dias em um mesmo piquete. Os rendimentos serão máximos se o animal não permanecer mais de um dia ali.

Sistematizar uma propriedade para o Sistema Voisin é relativamente barato: cerca de R$ 300 a 400 por hectare, se não for necessário investimento em abastecimento de água. Isso praticamente significa comprar uma nova fazenda por este valor, pois na mesma área será possível multiplicar a produção.

Quanto é possível multiplicar essa produção? No mínimo 50% em relação à lotação atual, se for uma propriedade bem conduzida, mas o mais comum é que se consiga dobrar ou até triplicar.

Como bônus econômico de sua utilização, o sistema Voisin ajuda a evitar a degradação da pastagem, também se evitará este custo que é bastante recorrente na pecuária brasileira.

Além disso, também traz uma série de benefícios indiretos – mansidão dos animais, organização do sistema produtivo, produção de reservas forrageiras, melhoria da fertilidade do solo, entre outros – que serão esmiuçados nos próximos textos.

Concorda? Discorda? Mande sua mensagem, pois este espaço terá mais valor se for também um canal de debate. Boa semana pra você!

#consultoriapecuaria
#sistemavoisin
#pecuariasustentavel

Clique abaixo e saiba como sua propriedade pode melhorar para atingir rentabilidade, com uma empresa!

Você também pode gostar…

Sistemas de Pastoreio

Sistemas de Pastoreio

Se uma propriedade quiser manter e alimentar grande quantidade de animais é necessário que consiga obter alta produção...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Whatsapp
Precisa de consultoria?
Clique abaixo e marque uma reunião com a gente.